Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1247
Título: Arquitectura entrópica, entre a matéria e o tempo
Autor: Rocha, Rui Alexandre Alves, 1986-
Orientador: Oliveira, Alberto de Sousa, 1945-
Silva, Carlos Manuel Lampreia da, 1964-
Palavras-chave: Arquitectura - Mutilação, desfiguração, etc
Arquitectura - Conservação e restauro
Data: 6-Nov-2014
Resumo: A arquitectura tem como função primitiva acolher e proteger o homem da natureza, e por se assumir como a sua interposição física, está sujeita a ser transformada pelos dois. A imagem mais evidente desta transformação seria a degradação da arquitectura capaz de cumprir a função para a qual foi construída, porém, a entropia também reconcilia a arquitectura com a natureza, moldando-a e adaptando-a à sua estrutura e ao seu funcionamento. Neste sentido, a presente dissertação apresenta-se como uma reflexão crítica ao processo transformador a que a arquitectura está sujeita no tempo, constituindo-se como o seu objectivo primordial entender os processos degenerativos dos sistemas naturais e artificiais que constituem o território, e a forma de os relacionar e equilibrar.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2014
Exame público realizado em 5 de Novembro de 2014
URI: http://hdl.handle.net/11067/1247
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_rui_rocha_dissertacao.pdfDissertação18,65 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.