Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1130
Título: Ética e mínimos sociais : sujeito de direito e rendimento social de inserção
Outros títulos: Ethics and social minimum : subject of law and social integration
Autor: Cardoso, Júlia
Palavras-chave: Rendimento mínimo garantido - Portugal
Assistentes sociais - Ética profissional - Portugal
Direitos sociais - Portugal
Data: 16-Set-2014
Resumo: O trabalho que se apresenta constitui uma reflexão sobre as medidas de garantia de rendimento implementadas em Portugal, como direito social com carácter universal, em 1997 (Rendimento mínimo garantido), e a filosofia moral que sustentou a sua alteração em 2003, passando a rendimento social de inserção. Encontrando-nos, hoje, numa nova conjuntura política, social e económica que se prevê venha a introduzir novas alterações nas garantias de mínimos sociais, importa manter a diversidade de olhares analíticos sobre uma medida que, tendo sido uma recomendação da União Europeia no início dos anos 90 do século XX, tem sido alvo da atenção e da discussão públicas, suscitando opiniões muito diversas e controversas - mesmo entre os assistentes sociais, profissionais fortemente envolvidos na sua aplicação. A reflexão apoia-se, sobretudo, no pensamento de Paul Ricoeur (1995) e na sua noção de Ética: a busca da vida feliz, para e com os outros, no seio de instituições justas.
Descrição: Intervenção social. - ISSN 0874-1611. - N. 37 (1.º semestre 2011). - p. 41-57.
URI: http://hdl.handle.net/11067/1130
ISSN: 0874-1611
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:[ULL-ISSSL] IS, n. 37 (2011)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
IS_n37_3.pdf6,94 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.