Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1061
Título: A estigmatização do trabalho sexual : contributos de Michel Foucault na análise do poder e controlo sobre a sexualidade
Autor: Ramalho, Nelson Jorge Campos
Palavras-chave: Indústria do sexo - Aspectos sociais
Data: 28-Jul-2014
Resumo: O presente artigo aborda a forma como o trabalho sexual tem sido visto e olhado pela sociedade ao longo da história da humanidade traduzindo-se, actualmente, numa estigmatização da actividade e de quem o realiza. Através da teoria social contemporânea, irá debater-se os pressupostos ideológicos de Michel Foucault na explicitação do poder e controlo da sexualidade e a forma como ela foi sendo alvo de uma construção sócio-moral e, consequentemente, política. De forma a criar estratégias de resistência ao poder e representações institucionalizadas, os trabalhadores do sexo têm realizado esforços colectivos com vista à defesa de direitos e a um maior reconhecimento social.
Descrição: Intervenção social. - ISSN 0874-1611. - N. 39 (1.º semestre 2012). - p. 165-185.
URI: http://hdl.handle.net/11067/1061
ISSN: 0874-1611
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:[ULL-ISSSL] IS, n. 39 (2012)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
IS_n39_8.pdf116,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.