Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2832
Título: Características psicométricas da versão portuguesa do Inventário de Temperamento e Carácter - versão Pré-Escolar (PSTCI)
Autor: Rocha, Maria José dos Santos
Orientador: Moreira, Paulo Alexandre Soares
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia clínica
Avaliação de personalidade
Teste psicológico - Inventário de Temperamento e Carácter Pré-Escolar (PSTCI)
Data: 20-Fev-2017
Resumo: O modelo de Cloninger é um dos mais proeminentes modelos de personalidade para adultos. Recentemente, existe uma atenção crescente para o estudo das características de personalidade em crianças, contudo ainda não existem adaptações transculturais do modelo. O presente estudo teve como objectivo determinar as características psicométricas de uma versão proposta para a população portuguesa do Inventário de Temperamento e Carácter Pré-escolar (psTCI). O psTCI foi desenvolvido em 2002 por Constantino, Cloninger, Clarke, Hashemi e Przybeck, com a intenção de aplicar o modelo psicobiológico da personalidade de Robert Cloninger a crianças com idades compreendidas entre os 2 e os 5 anos. A versão original do instrumento apresentou boas características psicométricas, nomeadamente em termos de consistência interna. O psTCI consiste num questionário para pais, composto por 74 itens e com resposta tipo Likert de 5 pontos. Para a análise das características psicométricas da versão portuguesa, participaram 406 pais de crianças de 2 a 5 anos de idade, residentes em Portugal continental. Os resultados das análises factoriais demonstraram problemas ao nível estrutural da escala, com índices de consistência interna baixos para algumas das dimensões e dispersão dos itens pelos não coincidentes, na sua totalidade, com a versão original. Estes resultados sugerem uma reformulação ou eliminação de alguns itens, particularmente em algumas escalas. Futuros estudos deverão avaliar as características psicométricas da versão portuguesa do psTCI reformulada.
Cloninger's model is one of the most prominent models of adult personality. Recently, there is increasing attention to the study of personality traits in children, yet stiIl there are no cross-cultural adaptations of the model. This study aimed to determine the psychometric characteristics of a proposed version of the Portuguese population Temperament and Character lnventory of Pre-school (psTCI). The psTCI was developed in 2002 by Constantine, Cloninger, Clarke, Hashemi and Przybeck, with the intention to apply the psychobiological model of personality Robert Cloninger for children aged 2 to 5 years. The original instrument has good psychometric properties, particularly in terms of internal consistency. The psTCJ is a quiz for parents; consist of 74 items and response type 5-point Likert. To anaiyze Lhe psychometric characteristics of Lhe Portuguese version, we counted on Lhe participation of 406 parents of children aged 2 to 5 years old, living in mainland Portugal. The results of the factorial analysis showed structural problems in the scale, with low levels of interna! consistency for some of the size and dispersion of the items that do not coincide in its entirely, with the original version. These results suggest a reformulation or elimination of some items, particularly in some scales. Future studies should assess the psychometric characteristics of the reformulated Portuguese version of the psTCI.
Descrição: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica.
Exame público realizado em 21 de Março de 2012 pelas 11h00.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2832
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
2,28 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.